Edital Concurso PC-SP 2018

     

Concurso oferta 500 vagas para Papiloscopista e Agente de Telecomunicações.

No Diário Oficial desta última quarta-feira, dia 25, foram publicados os editais para o concurso público da Polícia Civil de São Paulo, trazendo 500 vagas e destas, 300 são para Agente de Telecomunicação Policial. As outras 200 oportunidades em aberto são para o cargo de Papiloscopista Policial. Esse concurso era muito esperado e em todo estado muitas pessoas já estavam se preparando, mesmo sem saber ao certo quando seria aberto.

Agora os interessados estão na expectativa de quando serão divulgados mais dois editais, quando pelo menos 600 vagas serão abertas, sendo que deste total, pelo menos 400 serão para o cargo de Agente de Polícia e o restante será para Auxiliar de Papiloscopista. São centenas de oportunidades abertas e os concurseiros terão que se empenhar muito, pois a concorrência é muito grande. Já fazia um tempo que este concurso vinha sendo aguardado e agora não há nenhuma previsão de quando novas vagas assim serão oferecidas, então muitos tentarão não perder esta oportunidade. A expectativa é que esta semana ou já na outra, estes novos editais sejam divulgados.

Todo candidato precisa ter o diploma do ensino médio, pois esta é a forma de comprovar que concluiu o curso, sendo que esta é uma exigência para quem se candidatar ao cargo de Agente de Telecomunicações Policial ou então para uma das vagas de Papiloscopista Policial. Outro requisito é ter Carteira de Habilitação na categoria B e ainda é preciso atender a outra exigência, que é ter uma conduta irrepreensível tanto na vida pública como também na privada. Quem não atende a um ou mais destes requisitos, certamente será reprovado, ainda que saia bem nas provas.

Inicialmente a remuneração é de R$ 4.281,51 para as duas funções, já incluindo o salário básico que é de R$ 3.589,87 mais o adicional de insalubridade, cujo valor é de R$ 691,64. As inscrições deverão ser feitas no site da Vunesp, a partir do dia 3 de maio e terminarão dia 1º de junho. A taxa de inscrição é de R$ 56,54.

A prova preambular é o primeiro desafio para todos os candidatos neste concurso e esta prova será de caráter eliminatório e também classificatório, trazendo 80 questões objetivas, com respostas de múltipla escolha. Quem já vinha se preparando para este concurso, mesmo sem saber ao certo quando ele seria realizado, terá maior facilidade nesta etapa, uma vez que estão melhores preparados. Muitos dos candidatos estudaram as matérias dos últimos concursos e já estão bem adiantados, agora só precisarão ver os novos conteúdos exigidos.

No caso dos candidatos que se inscreverem para a função de Agente de Telecomunicações Policial, a prova trará 30 questões de língua portuguesa, 4 sobre medicina e odontologia legal, 6 de direito, 4 sobre lógica, 6 de assuntos atuais e 30 questões serão sobre informática e comunicação. Para o cargo de Papiloscopista Policial, a prova será com 20 questões de língua portuguesa, 5 de criminologia, 5 de direito, 5 de biologia, 5 de medicina e odontologia legal, 7 questões sobre lógica, 8 de identificação, 5 a respeito de atualidades e 20 questões sobre informática.

Os aprovados serão chamados para comprovar as informações, sendo que aqueles que conseguirem as maiores notas serão os primeiros convocados, mas também aqueles que empatarem com notas altas serão chamados, pois o desempate pode ocorrer na hora de comprovar alguma das exigências.

A duração da prova terá 4 horas de duração, sendo aplicadas em várias cidades de São Paulo, inclusive na capital, os interessados deverão aguardar, porque todas as informações sobre locais exatos e horários ainda serão disponibilizadas no site da Fundação Vunesp, que você acessa aqui e obtém maiores detalhes sobre este concurso.

Por Russel