Concurso STM 2018 – Inscrições, Vagas

  

  

Certame oferta 42 vagas em diversos cargos. Saiba como concorrer.

Quem tem interesse em se tornar servidor público do Poder Judiciário pode conferir aqui uma boa notícia. O Superior Tribunal Militar (STM) publicou o edital em 18 de dezembro (segunda-feira) do seu próximo concurso. Confira mais detalhes sobre o processo seletivo a seguir.

Inscrições

Para se inscrever no certame o candidato deve acessar o endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/STM_17_ANALISTA_TECNICO. O prazo terá início em 27 de dezembro (quarta-feira) e vai até o dia 15 de janeiro de 2018 (segunda-feira). Os valores das taxas variam entre R$ 75 e R$ 86. O prazo final de pagamento é dia 5 de fevereiro de 2018 (sexta-feira). Quem for inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), pode solicitar isenção do pagamento.


A banca responsável por organizar o processo seletivo é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE), antes conhecida como Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (CESPE UnB).

Quais são as vagas disponíveis?

Podem participar concorrentes com escolaridade de nível superior e médio. O STM visa preencher 42 cargos vagos de analista judiciário da área administrativa, técnico judiciário da área administrativa, técnico judiciário da especialidade de programação, analista judiciário das especialidades de contabilidade, engenharia civil, estatística, revisão de texto, serviço social, análise de sistemas, e analista judiciário da área judiciária.

Além disso, há vagas reservadas para quem se autodeclarar preto ou pardo. Embora o edital não reserve vagas exclusivas, quem for portador de necessidades especiais (PNE) pode concorrer e passará por perícia médica.

  

Há chances disponíveis para Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Campo Grande, Bagé, Recife, Manaus, Curitiba e Juiz de Fora.

A remuneração para quem iniciar na carreira de técnico é de R$ 6.709. Já para analista, o salário inicial é de R$ 11.007. Além disso, os aprovados terão direito a benefícios como auxílio natalidade, vale alimentação e auxílio saúde. No final de carreira, os montantes podem chegar a R$ 11.398 e R$ 18.701.

Etapas do processo seletivo

Os candidatos farão prova objetiva com 120 quesitos, no conhecido padrão CEBRASPE de "certo ou errado", sendo 50 sobre conhecimentos básicos e 70 sobre específicos. Quem concorrer aos cargos de nível superior ainda serão examinados em uma segunda etapa: prova discursiva com até 30 linhas.

Haverá aplicação das avaliações em todas as capitais dos estados e, inclusive, em Bagé e Santa Maria, no Rio Grande do Sul, e Juiz de Fora no estado de Minas Gerais.

A data para realização das provas está prevista para 4 de março (domingo), nos turnos da manhã para analista, com duração de 4h30, e à tarde para técnico com 3h30.

Saiba quais são as disciplinas cobradas em conhecimentos básicos para todos os cargos: português, organização da justiça militar da união, ética no serviço público, acessibilidade, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional, qualidade no atendimento ao público e trabalho em equipe, noções de informática e inglês, apenas para quem for da área de tecnologia da informação (TI).

Atribuições

O técnico judiciário da área de administração é responsável por prestar apoio na execução de tarefas de guarda, atendimento ao público, tramitação de processos, entre outras atividades.

Já o analista da área judiciária tem como atribuições: planejar, coordenar, emitir relatórios, armazenar documentos, elaborar relatórios, redigir documentos, entre outras funções.

Mais detalhes

Para saber mais informações sobre a seleção do STM, acesse o site do CEBRASPE (www.cespe.unb.br/concursos/STM_17_ANALISTA_TECNICO).

Não perca essa chance de ser um servidor público federal. Inicie o quanto antes a sua preparação.

Sobre o STM

O Superior Tribunal Militar está presente nas seguintes cidades: Salvador, Fortaleza, Belém, São Paulo, Rio de Janeiro, Juiz de Fora, Bagé, Recife, Brasília, Santa Maria, Porto Alegre, Campo Grande, Manaus e Curitiba.

Por Melisse V.