Concurso Previsto TRF 3ª Região 2018




Certame do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, que abrange os Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, tem previsão de ter seu Edital publicado ainda no 2º semestre de 2018.

Foram atualizadas as notícias a respeito de um dos certames públicos mais aguardados deste ano. Trata-se do processo seletivo destinado ao setor da gestão de pessoas no Tribunal Regional Federal da 3ª Região, o TRF 3ª. Este departamento abrange o Estado de São Paulo e o Estado do Mato Grosso do Sul.

Os procedimentos preparatórios para a realização deste concurso público estão em andamento. Conforme o que foi angariado diretamente da assessoria de imprensa do mesmo órgão, todo este processo ainda está na fase de organização. Dada esta situação, o total de oferta de postos de trabalho, assim como o método de distribuição de cargos, não tem, até o momento, uma confirmação oficial. Entretanto, de qualquer maneira, se mantém uma grande expectativa de que o próximo edital, ou seja, o de abertura do período de inscrições venha e ser publicado neste segundo semestre de 2018.


Este processo seletivo já havia sido divulgado no mês de abril, por meio da coordenadoria da Comissão de Acessibilidade e de Inclusão deste órgão. Naquele momento, foi anunciado que seriam reservados em torno de 6 a 8 milhões de reais, dentro do orçamento de 2018, para que seja possível a realização deste novo certame. O tempo urge pelo fato de que está havendo um aumento no número de aposentadorias, devido a alguns fatores, como, por exemplo, o receio de muitos servidores diante da Reforma da Previdência, entre outros.

Deste modo, o objetivo de promover o certame segue firme, com todos os preparativos necessários para que seja possível a seleção, e os mesmos possam ser iniciados em tempo hábil, já que o tempo passa rápido e a validade do último grande processo de seleção do TRF 3º, realizado no ano de 2013, finalizou no dia 25 do mês de abril deste ano.

Portanto, dado que o processo de preparação está correndo, informações oficiais sobre os cargos e os postos disponíveis para este próximo certame público ainda não estão sendo divulgadas. Porém, dado o histórico registrado no certame realizado em 2013, destinado às carreiras no setor de técnico e no setor de analista judiciário, provavelmente serão disponibilizadas as mesmas quantidades de vagas. Os concorrentes deverão possuir escolaridade entre nível médio e nível superior.


Conforme o andamento do processo, os três principais setores a serem contemplados nesta edição do processo de seleção serão os seguintes departamentos: o de técnico judiciário, dentro da área administrativa, que exige somente escolaridade em ensino médio; no setor de analista judiciário, dentro da área administrativa, o qual exige como requisito a graduação em nível superior, dentro de qualquer matéria; e no setor de analista judiciário, no cerne da área judiciária, destinado somente aos concorrentes que possuam formação em curso superior de Direito.

O valor das remunerações iniciais pode chegar, na atualidade, a 7.887,24 reais em relação aos técnicos e a 12.374,34 reais para os analistas, sendo que esses valores já estão acrescidos do auxílio-alimentação no valor de 884 reais mensais.

Entretanto, de acordo com o que foi anunciado por meio da lei 13.317, sancionada em 21 de junho do ano de 2016, estas duas carreiras serão beneficiadas com o direito a mais dois reajustes, a serem efetivados em novembro de 2018 e em janeiro de 2019. Assim, em relação ao cargo de técnico, junto do auxílio-alimentação, os valores dos vencimentos aumentarão para a escala de 8.178,65 reais e para 8.475,36 reais. Com relação ao cargo de analista, o valor sobe para 12.852,49 reais; e de 13.339,30 reais.

Este é um dos concursos públicos mais desejados em 2018. Vale a pena conferir.

Por Paulo Henrique dos Santos