Concurso Previsto ICMBIO 2018 – Vagas




Certame do ICMBIO tem previsão de ofertar 1.179 vagas para diversos cargos.

Neste segundo semestre de 2018, entre tantos concursos públicos já oficializados e com editais publicados, muitos ainda passam por fase de validação. Entre os certames públicos próximos de publicação está o promovido pelo Instituto Chico Mendes de Conservação e de Biodiversidade. A divulgação da abertura deste novo concurso público, ou seja, o Concurso ICMBIO de 2018, ocorrerá em breve. É fato que a solicitação para a sua realização já havia sido reiterado desde o mês de junho deste ano, por meio do Ministério do Meio Ambiente, ou o MMA, em um ato conjunto ao órgão do Ministério do Planejamento, do Orçamento e da Gestão, o MPOG, que é o departamento responsável pela mesma autorização de concursos pelo governo.

Esta solicitação havia anteriormente registrado um pedido de até 1.132 postos de trabalho, porém, no presente momento, o novo pedido encaminhado de reiteração conta com um número um pouco maior de postos, ou seja, 1.179 vagas.


Portanto, este novo pedido de abertura, bastante atualizado, determina alguns critérios a mais, que abrangem o seguinte:

– Cargo de técnico administrativo, 457 vagas; cargo de técnico ambiental, 67vagas; cargo de analista ambiental, 561 vagas e cargo de analista administrativo, 94 vagas. Todos estes cargos no setor de técnico possuem como requisito a posse de certificado de nível médio; ao passo que para a função de analista é exigido diploma de formação em nível superior. As remunerações iniciais para todos os cargos no departamento de técnicos podem chegar ao valor 4.408,94 mil reais. E os vencimentos para os cargos no setor de analista podem chegar ao valor de 9.389,84 mil reais.

Estes valores padrões de salários já estão acrescidos de alguns benefícios, tais como o direito ao auxílio-alimentação no valor de 458 reais. Em todos estes casos, a jornada de trabalho está estruturada em regime de 40 horas por semana.


Sobre a natureza legal do ICMBIO, as informações são as seguintes:

Trata-se do chamado Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, que consiste em uma autarquia que opera em regime especial. Fundado no dia 28 do mês de agosto de 2007, por meio da Lei 11.516, o ICMBio está legalmente atrelado ao órgão do Ministério do Meio Ambiente e integra, também, o departamento do Sistema Nacional do Meio Ambiente, ou Sisnama.

Entre as atividades essenciais que constituem a natureza desta organização estatal, estão:

Promover diversos tipos de ações dentro do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, no sentido de poder propor, de poder implantar, de gerir, de proteger, de poder fiscalizar e de monitorar todas as UCs instituídas nos Estados da União. Entre outras tarefas, o ICMBIO tem o dever de saber fomentar e de poder executar diversas alternativas de programas de pesquisa; programas de proteção; programas de preservação e de conservação sobre a biodiversidade, além de atuar no exercício como instituição dotada de autoridade de polícia ambiental, promovendo, desta maneira, a devida proteção sobre todas as Unidades de Conservação Ambiental em escala nacional, como órgão federal.

Sumarizando as informações mais essenciais e atuais, segue a relação:

Trata-se do certame público promovido por meio do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade, o ICMBIO, para o provimento de vagas nos setores de analista e de técnico; a banca organizadora aguarda definição; a escolaridade exigida é de ensino médio e superior; o número de vagas solicitado, oficialmente, é de 1.179 postos; o valor das remunerações pode chegar até a 9.389,84 mil reais; a data e o período de inscrições aguarda definição de itinerário; o valor da taxa de inscrição ainda será estipulado e a data precisa da realização das provas também. O concurso foi solicitado duas vezes.

Por Paulo Henrique dos Santos