Concurso Previsto Detran SP 2019 – Vagas




O Detran de São Paulo tem previsão de ofertar 575 vagas de emprego em seu novo Concurso Público a ser realizado em 2019.

A expectativa em torno do novo concurso para o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran – SP) sofreu um abalo no início de janeiro. O governador paulista recém-empossado, João Dória, publicou dois decretos, de número 63.979/18 e 64.069/19, que apresentavam medidas de ajuste fiscal.

Os documentos representam providências que têm o objetivo de reduzir os gastos do estado de São Paulo com encargos sociais e folha de pessoal. Entre essas ações estava a suspensão dos concursos que já estavam autorizados, mas que ainda não tiveram editais publicados. Esses concursos seriam reavaliados pelas secretarias responsáveis, tendo em vista as restrições orçamentários do novo governo.


Este cenário, de fato, afetou o concurso do Detran-SP. O cronograma do concurso sofrerá um atraso, já que seu edital precisará de adequações para atender os decretos 63.979/18 e 64.069/19. Em contrapartida, a assessoria de comunicação do órgão informa que, após esses procedimentos internos, o edital será publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo. A previsão é que isso ocorra ainda no primeiro semestre de 2019.

As vagas

A previsão é que o concurso seja para o provimento de 575 vagas no total. Destas, 375 vagas serão para o cargo de oficial de trânsito I, enquanto as 200 vagas restantes se destinam ao cargo de agente de trânsito I.

Requisitos

Para ingressar na carreira de oficial de trânsito, é exigido que o candidato possua nível médio ou formação técnica completa. Já o cargo de agente de trânsito exige, para seu ingresso, que o candidato tenha nível superior completo em qualquer área. Também é necessário possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B ou superior.


Remuneração

A remuneração destas carreiras do Detran-SP é regulamentada pela Lei Complementar 1.317, publicada em 21 de março de 2018. De acordo com ela, a remuneração inicial para o agente de trânsito I é de R$ 4.657,00. Já o oficial de trânsito inicia a carreira com ganhos de R$ 1.863,00. A carga horária de trabalho é de 40 horas semanais.

Atribuições

O agente de trânsito tem como função o desempenho de atividades técnicas, relativas à gestão e execução de competências do Departamento Estadual de Trânsito, seguindo as normas do Sistema Nacional de Trânsito.

Os oficiais de trânsito, por seu lado, desempenham atividades de apoio, tanto na gestão como na execução de serviços e competências do Detran-SP.

Banca organizadora

Foi publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo o extrato do contrato com a banca organizadora do certame. A publicação informa que a contratada foi a Fundação Carlos Chagas (FCC), em acordo firmado em 27 de novembro de 2011. O valor do contrato é de R$ 6.487.500,00 e ele possui vigência de 12 meses.

Conteúdo das provas

No último concurso, cujo edital foi publicado em 2013, os candidatos ao cargo de oficial de trânsito I foram avaliados em provas objetivas divididas da seguinte maneira: conhecimentos gerais, abordando questões sobre noções de informática, legislação, matemática e língua portuguesa; e conhecimentos específicos, com conteúdo de legislação de trânsito. Já a avaliação para o cargo de agente de trânsito também foi dividida em duas provas: conhecimentos gerais, englobando questões de noções de informática, legislação, matemática, língua portuguesa e direito administrativo; e conhecimentos específicos, com questões sobre legislação de trânsito e gestão pública.

Além dessa primeira etapa, composta pelas provas objetivas, o concurso anterior contou com uma segunda etapa, na qual houve prova de títulos, com a avaliação dos documentos entregues pelos candidatos.

Não espere a publicação do edital para iniciar os estudos

Concursos muito aguardados, como o do Detran-SP 2019, costumam ter muitos inscritos. Assim, mesmo se tratando de um edital com muitas vagas, a relação entre candidato / vaga deve ser alta. Portanto, o concurseiro que quer ter sucesso no certame não deve esperar a publicação do edital para iniciar os estudos. A partir do edital anterior, é possível ter uma noção do que vai ser pedido na prova. Portanto, inicie sua preparação antes, com foco em conteúdos básicos, que certamente serão cobrados, como língua portuguesa, legislação de trânsito e matemática.

Por Luís Fernando Santos

Concurso