Concurso Previsto da Receita Federal em 2018




Receita Federal necessita suprir 2.153 vagas de emprego e terá um concurso público em breve.

O órgão da Receita Federal é um dos mais importantes departamentos do país. Entretanto, nos últimos anos sofre de sério desfalque no quadro de seus servidores, já que o intervalo entre o último concurso e o próximo é grande. A quantidade de funcionários egressos tem sido cada vez mais crescente, junto da pouca quantidade de vagas liberadas ao longo dos concursos realizados no mesmo órgão.

Conforme as informações angariadas da própria Coordenação da Gestão de Pessoas do mesmo órgão, este urgente déficit atingiu um número alarmante de 21.795 servidores, dentro dos departamentos que envolvem os cargos na área de Auditor, de Analista e nas diversas funções administrativas. O resultado desse desfalque pode comprometer seriamente toda a qualidade e agilidade na prestação dos serviços na escala administrativa, na escala tributária e na aduaneira sobre toda a sociedade nacional, levando em conta que essa nova demanda pelos serviços cresce na medida em que o próprio país progride. Esta será a única saída para a resolução de uma excelente gestão de administração no setor tributário e aduaneiro, ou seja, a necessidade de realização de um novo processo seletivo, ao menos de caráter periódico, que vise suprir cargos para este órgão.


Uma das causas que mais contribuiu, ao longo dos anos, para o grande minguar de contingente foi o crescente número de aposentadorias no cerne da instituição. Não é apenas no departamento de Auditor Fiscal que se verifica a ausência de trabalhadores, onde o perfil etário de seus servidores tornou-se maior, mas, dentro de todos os cargos que compõem a força de trabalho na Receita. Na atualidade, a maior parte do conjunto de servidores consiste em profissionais que atingiram uma faixa etária entre 50 a 59 anos, portanto, essa situação deixa claro não apenas um negativo e alto déficit na presença de funcionários, mas, que muitos deles estão em vias de se aposentar em breve, agravando assim a falta de servidores.

Nesse sentido, se faz muito necessária a solicitação de novo certame. O próprio órgão já realizou o pedido enviando ao departamento do Ministério do Planejamento, do Orçamento e da Gestão, o MPOG, uma demanda oficial para a realização de novo processo de seleção destinado ao provimento de cargos vagos no órgão da Receita Federal em 2018. O total de vagas, inicialmente, é em número de 2.153, das quais 700 se destinam ao cargo de Auditor Fiscal e mais 1.453 aos postos de trabalho no setor de Analista Tributário.

Com relação aos cargos e benefícios ofertados no próximo certame público para vagas na Receita Federal de 2018, são postos no setor de analista e no setor de auditor. Todas as pessoas interessadas em participar necessitarão comprovar, por meio de títulos, formação superior completa em quaisquer áreas de atuação profissional, no sentido de garantir cargos com remunerações de até R$ 11.132,21 e ou de R$ 19.669,01, respectivamente.


Todos os servidores contratados no novo regime trabalharão sob a forma estatutária, a qual mantém sua estabilidade com os vencimentos já citados, que incluem benefícios como: direito ao auxílio-alimentação, no valor de 458 reais, que torna este próximo concurso muito mais interessante para os formandos em grau superior.

Faz parte da tradição do órgão da Receita Federal promover suas novas contratações de modo a superar a quantidade de postos de trabalho oficialmente previstos em seus editais, pois que o número de vagas é enorme. Em geral, o contingente de nomeações e posses promovidas pelo órgão, conforme pode ser avaliado no edital do último processo seletivo, evidencia que são de 50% a 100% a quantidade de candidatos que saem aprovados deste tipo de certame público, conquistando excelentes cargos, com estabilidade, altos salários, benefícios e uma boa aposentadoria.

Por Paulo Henrique dos Santos