Concurso DPU 2019-2020 foi Autorizado





Certame da Defensoria Pública da União foi autorizado e pretende disponibilizar mais de 200 nova vagas.

Uma informação importante foi divulgada para aquelas pessoas que desejam participar de um concurso público de um órgão federal. A notícia em questão se refere à autorização para a ocorrência de um novo processo seletivo por parte da Defensoria Pública da União, a DPU. Abaixo você encontra mais dados sobre essa autorização.

A respeito do novo concurso público da DPU

É significativo mencionar que a novidade se trata de uma autorização, ou seja, o processo admissional se encontra ainda em fase embrionária. Dessa forma, é ainda muito cedo mencionar com exatidão informações do tipo como número de vagas, funções em vacância, o valor dos salários, possíveis benefícios, validades, requisitos para preenchimento das vagas, tipos de avaliações e localidade das provas, dentre outros tópicos que envolvem um certame. Todos esses dados só poderão ser de fato confirmados com a publicação do edital e ainda não se tem uma data para que isso ocorra. Alguns rumores apontam que a DPU pode abrir mais de 200 novos cargos, uma vez que o último concurso foi realizado há quatro anos.




Informações a acerca do último processo de contratação realizado pela Defensoria Pública da União

A última vez que a DPU abriu um edital para a incorporação de novos servidores foi no ano de 2015, e depois de quatro anos, a organização volta a ter novas movimentações com relação à admissão de novos funcionários. Devido, ao início do processo de um novo concurso público é fundamental analisar os principais pontos referentes ao último certame. Pois, na grande maioria dos casos, as entidades que realizam essa modalidade de contratação costumam manter alguns padrões, assim podemos dizer.

No caso do edital de 2015, a DPU abriu 143 vagas diretas e também oportunidades de contratações posteriores, os cargos eram para os níveis: superior, técnico e médio. Os postos de trabalhos foram divididos nas seguintes funções:


– Nível superior:

Analista técnico administrativo.

Arquivista.

Assistente social.

Bibliotecário.

Contador.

Economista.

Psicólogo.

Sociólogo.

– Nível técnico:

Técnico em assuntos educacionais.

Técnico em comunicação social (jornalismo).

– Nível médio:

Agente administrativo.

Para todas as funções, a jornada de trabalho, na época era de 40 horas por semana. Já as remunerações estavam fixadas entre R$ 3.817,98 e R$ 6.348,27. É imprescindível ressaltar que os valores dos salários apresentados anteriormente já foram incluídos as gratificações que os aprovados teriam direito, naquela época. Além disso, os novos servidores da DPU também contavam auxílio para alimentação.

Já com relação ao tipo de avaliação, a Defensoria Pública da União juntamente com a banca organizadora, que na ocasião foi a Cespe/UnB, definiram que os inscritos realizariam apenas uma fase que seria caracterizada por uma prova de múltipla escolha. O teste seria composto da seguinte forma:

– Nível superior / técnico:

70 questões referentes a conhecimentos básicos.

80 questões referentes a conhecimentos específicos.

– Nível médio:

50 questões sobre conhecimentos básicos.

70 questões sobre conhecimentos específicos.

Ambos os testes possuíam caráter classificatório e eliminatório. Os participantes que tinham diploma de graduação ou de nível médio tinham 4 horas e 30 minutos para realizar a avaliação. Já os de nível médio tinham cerca de uma hora a menos, ou seja, 3 horas e 30 minutos. O período de inscrições durou mais ou menos 20 dias, entre os meses de maio e abril e cerca de um mês depois as provas aconteceriam, no mês de junho. A taxa para participação era de R$ 70,00 (médio) e R$ 100,00 (superior).

As provas contavam com locais em todos os estados do Brasil. Ainda hoje é possível achar, na internet, as provas aplicadas. E é fundamental salientar que verificar essas avaliações bem como o edital é uma parte importante para a preparação das pessoas interessadas em participar do novo processo admissional da Defensoria Pública da União.

Os interessados devem acompanhar todas as atualizações a respeito deste concurso através do seguinte endereço eletrônico: https://www.dpu.def.br. Nos próximos meses, mais informações devem ser divulgadas.

Boa sorte!

Por Isabela Castro

Concurso