Concurso DP DF 2019 – Inscrições, Vagas




Certame prevê a contratação de 12 profissionais para o cargo de Defensor Público.

Quem estava estudando e aguardava o lançamento do edital da Defensoria Pública do Distrito Federal (DP DF) pode saber aqui sobre uma boa notícia. O edital foi publicado no diário oficial do DF na quinta-feira, 7 de março. Foram anunciadas 12 oportunidades para quem tem nível de escolaridade superior como Bacharel em Direito e registro ativo na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A remuneração para aqueles que iniciarem na carreira de defensor público é de R$ 24 mil. As inscrições terão início no mês de abril e as provas estão marcadas para o mês de junho. Saiba mais detalhes do processo seletivo a seguir.

As inscrições do concurso da DP DF só podem ser realizadas pela internet

Os profissionais formados em ciências jurídicas e que têm interesse em concorrer a uma das vagas podem acessar o site (www.cebraspe.org.br/concursos/DP_DF_19_DEFENSOR) a partir do dia 24 de abril (quarta-feira) até a segunda-feira, 13 de maio, a fim de preencher o formulário de inscrição. Você deve enviar foto atual e nítida no ato da inscrição.


Lembre-se de realizar o pagamento do boleto no valor de R$ 170 até o dia 15 de maio (quarta-feira). É possível solicitar isenção até a data de 2 de abril (terça-feira).

A banca responsável por organizar o certame é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

Sobre as vagas anunciadas no edital do concurso da DP do Distrito Federal

O edital prevê 12 vagas para o posto de trabalho de defensor público de segunda categoria, que recebe R$ 24.668,75 e tem carga horária de 30 horas por semana. Do total de oportunidades disponíveis, 10 são para ampla concorrência e 2 são para pessoas com deficiência (PCD). Para concorrer nesta condição, você deve lembrar de enviar laudo médico, o qual informe qual a sua deficiência. Além disso, você será avaliado em perícia médica.


Sobre os requisitos para ingressar na Defensoria do Distrito Federal

Além de ser formado em Direito e ter registro na OAB, é necessário ser aprovado no concurso, possuir no mínimo 2 anos de prática forense, ser brasileiro, estar em dia com as obrigações militares e eleitorais, ter aptidão mental e física, possuir idade mínima de 18 anos, não ter antecedência criminal, entre outros requisitos.

Sobre as etapas do certame da DP DF

Os concorrentes serão avaliados em 5 fases: 1) prova objetiva – composta por 200 quesitos; 2) prova discursiva sobre direito constitucional, penal, administrativo, direitos humanos e processual penal; 3) prova discursiva sobre direito do consumidor, civil, processual civil, da criança e do adolescente e direitos difusos e coletivos; 4) prova oral e 5) avaliação de títulos.

A primeira prova está prevista para o dia 23 de junho (domingo). Os candidatos terão 5 horas para responderem às questões, que serão no conhecido padrão Cebraspe de certo ou errado.

Na segunda e na terceira fase os concorrentes devem responder a quatro questões dissertativas e uma peça técnica.

Já na penúltima etapa, será necessário responder a três quesitos da prova oral, cada uma correspondente a um grupo de disciplina.

Na avaliação de títulos você marcará ponto se tiver exercido cargo de defensor público, juiz, promotor ou procurador, diploma de mestrado ou doutorado, certificado de especialização, estágio em defensoria pública, aprovação em concurso para defensor público, exercido advocacia público ou privada, tiver atuado no ensino superior na área de Direito, entre outros.

Sobre a carreira de defensor na DP DF

A carreira é composta por três níveis, sendo o inicial o defensor de 2 ª categoria. Ao ser promovido, você ocupará o cargo de defensor de 1 ª categoria e, no final da carreira, será defensor público especial.

Saiba mais no site do Cebraspe (www.cebraspe.org.br/concursos/DP_DF_19_DEFENSOR).

Por Melisse V.

Concurso