Prefeitura de Fortaleza (CE) realiza Concurso para Analista de Planejamento

     

Certame oferece 50 vagas para profissionais de nível superior. Salários chegam a R$ 6 mil.

A Prefeitura da cidade de Fortaleza, capital do estado do Ceará, divulgou o edital para a realização de um novo concurso público regido pelo número 30/2016. O certame é bem atrativo para profissionais que possuem formação em nível superior nas mais diversificadas áreas. O processo seletivo será organizado e executado pelo IMPARH, Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos, o qual tem com objetivo realizar o preechimento de 50 vagas para início imediato no cargo de Analista de Planejamento e Gestão.

Conforme informado pela Prefeitura, esta carreira é nova no serviço público municipal de Fortaleza e irá demandar diversos profissionais que sejam formados em um dos seguintes cursos de nível superior: Ciências Contábeis, Direito, Estatística, Economia, Administração, Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Ciências da Computação e outros cursos correlatos, Engenharia Agronômica ou então Engenharia Ambiental.

Os candidatos aprovados e convocados irão desempenhar suas atividades subordinados à SEPOG, a Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão, jutamente com o IPLANFO, Instituto de Planejamento de Fortaleza. Os futuros servidores terão direito a uma remuneração inicial de até R$ 6.840,48, se somados a gratificação e o vencimento, para exercer suas atividades em uma carga horária de 40 horas por semana.

Das Provas e Inscrições:

Os candidatos interessados em disputar uma vaga deverão realizar suas inscrições exclusivamente pela internet, através do site do IMPARH, pelo link: http://www.fortaleza.ce.gov.br/imparh, no prazo máximo do dia 9 de maio de 2016. Após se inscrever é preciso realizar o pagamento de uma taxa de inscrição no valor de R$ 160,00.

Para avaliar os candidatos inscritos, o Instituto fará duas fases de seleção: a primeira será uma avaliação objetiva, que conterá 70 questões de múltipla escolha e a segunda será uma análise de experiência profissional e análise de títulos, somente para os que foram classificados na primeira fase. A prova objetiva está prevista para ocorrer no dia 29 de maio de 2016, o qual será composta por questões de Raciocínio Lógico, Língua Portuguesa, Noções de Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo e Noções de Administração Pública, além obviamente dos conhecimentos específicos.

Após ocorrer todas as fases do processo seletivo, assim como o resultado final e o mesmo ser homologado, a seletiva terá uma validade inicial de dois anos e pode ser prorrogado pelo mesmo período. As nomeações estão previstas para iniciarem no mês de novembro de 2016.

FILIPE R SILVA