Evite frustrações com a leitura correta do edital

     

Observar se o cargo condiz com o seu perfil e saber o conteúdo cobrado irá ajudar ao candidato a não se precipitar

As pessoas ficam tão focadas em passar em um concurso público que acabam se esquecendo de um importante detalhe: ler o edital atentamente. A grande maioria dos candidatos a um cargo público lê o edital apenas para saber o valor da taxa de inscrição, dia das provas, requisitos necessários, entre outras informações que também são importantes. Mas, além destas, é preciso conferir uma série de outras informações para não vir a se frustrar depois de conseguir passar e ver que o emprego não é tão vantajoso assim.

Não é pequeno o número de pessoas que se esforçam por meses, se dedicando única e exclusivamente aos estudos e depois de finalmente conseguirem passar no concurso público, acabam desistindo. Os motivos são vários, mas resumem-se na falta de uma leitura adequada do edital.

Há casos de pessoas que só descobrem que terão que mudar de cidade para trabalharem no novo cargo conquistado depois que já passaram no concurso. Aí pode ser tarde demais, principalmente para quem é casado, tem filhos na escola, etc.

Se você vai prestar um concurso público, deverá ler o edital pelo menos quatro vezes. A primeira vez que você ler o edital, será apenas para obter as informações gerais, saber o valor do salário, dia das provas, requisito, taxa de inscrição, nível escolar exigido, é só uma leitura informativa mesmo, para saber se a oportunidade oferecida é realmente do seu interesse e se você atende aos requisitos necessários.

Nesta primeira leitura é importante já se informar sobre o local de trabalho e se os aprovados serão convocados imediatamente ou é apenas para formação de reserva.

Uma segunda leitura deverá ser feita, mas desta vez com foco maior para as datas, os locais onde as provas serão realizadas e o conteúdo exigido. Nessa segunda etapa, mantenha-se focado nessas informações e se for preciso faça um pequeno resumo anotando os principais tópicos.

Agora vem a terceira leitura, que é onde o candidato vai se organizar para os estudos que deverão ser feitos, se informando sobre a pontuação para as provas, quantas serão as questões, tempo de duração da prova, etc.

Tanto nessa como nas outras etapas é importante ir anotando em uma folha ou no computador os pontos principais, fazendo um resumo, mas que seja bem completo, com todas as informações principais.

E a última leitura deve ser feita justamente para certificar-se que nada foi esquecido, que você leu todo o edital e que nenhum detalhe foi deixado para trás.

Fazendo desta forma, você estará completamente inteirado sobre o concurso, a vaga oferecida, remuneração, requisitos e tudo mais, evitando assim, futuras frustrações.

Por Russel