Concursos INCA e Ministério da Saúde 2014 têm vagas de emprego abertas

     

O Ministério da Saúde (MS) laçou diversos editais para o preenchimento de 766 vagas de nível superior e nível médio, voltadas para profissionais que tenham interesse em atender as demandas do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) e do próprio Ministério.  Ficarão responsáveis pela seleção as organizadoras FUNCAB e o INCA, a depender do edital.

Das vagas, 581 são destinadas aos profissionais para lotação no INCA, localizado no Rio de Janeiro, e 185 para cargos do Ministério da Saúde, em Brasília. O certame destina 20% das vagas aos candidatos que se declarem negros e outros 5% aos portadores de deficiência. Os aprovados farão jus à remuneração que varia entre R$ 2.205,00 e R$ 2.725,81, para os cargos de nível médio e até R$ 12.152,08 para os de nível superior, conforme o cargo.

Os interessados podem se inscrever no site da FUNCAB www.funcab.org (edital de número 01) e no site do INCA www.inca.gov.br (demais editais). Será cobrada taxa de participação nos valores de R$ 97,00 para as vagas de nível superior e R$ 78,00 para as de nível médio.

O cronograma contendo a data limite de inscrição e o conteúdo programático do edital de número 01 será divulgado, provavelmente, no dia 5 de agosto de 2014. Já os demais editais terão o prazo de inscrição entre os dias 20 de outubro a 5 de novembro de 2014, contudo a taxa de participação será no valor de R$ 180,00.

São oferecidas oportunidades para profissionais/áreas de Tecnologia da Informação, Pesquisadores, Comunicação Social, Nutrição, Enfermagem, Relações Públicas, Psicologia, Fisioterapia, Medicina, Administração Pública, Engenharia, Arquitetura, Serviço Social, Técnico Administrativo, Técnico de Radioterapia, entre outras.

Ambas as seleções serão compostas de Prova Objetiva, Prova Discursiva, Análise de Currículo Prova Oral, Defesa de Memorial, e Títulos, conforme o cargo disputado. As etapas serão aplicadas nas cidades do Rio de Janeiro e Brasília.

Por Robson Quirino de Moraes