Concurso UFES 2016 abre 19 vagas de trabalho

     

Certame oferece vagas de emprego para cargos de Nível Fundamental, Médio, Médio Profissionalizante e Superior de escolaridade.

Quem está à procura de uma oportunidade de vaga no funcionalismo público poderá se candidatar desde o dia 30 de novembro para o novo concurso público da UFES (Universidade Federal do Espírito Santo), que tornou público, através do edital nº 125/2015 que estará selecionando 19 profissionais visando à composição do Quadro de Pessoal Técnico Administrativo.

As oportunidades poderão ser concorridas por profissionais de níveis fundamental, médio, médio profissionalizante e superior que estejam dispostos a atuar em diversas funções como: Biólogo, Enfermeiro, Físico, Odontólogo, Técnico em Laboratórios (diversas especialidades), Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais entre outras funções.

O vencimento inicial mensal oferecido aos profissionais aprovados no processo de seleção poderá ser de R$ 2.112,04 a R$ 4.039,54, sendo que para todas as funções a jornada de trabalho será de 40 horas semanais.

O período definido para inscrições começou a vigorar no dia 30 de novembro de 2015 se estendo até o dia 29 de dezembro de 2015, sendo que o endereço eletrônico disponibilizado para inscrição é o seguinte: www.progep.ufes.br/concurso2015.

As taxas de inscrição que serão cobradas serão de R$ 100 ou R$ 80 a depender do cargo escolhido pelo candidato no momento da candidatura.

Em relação ao processo de seleção dos candidatos, as etapas serão as seguintes: prova objetiva, prova prática (somente para candidatos ao cargo de Tradutor e intérprete de Linguagem de Sinais.

A data de realização da prova objetiva será no dia 20 de março de 2016, já as provas práticas para os candidatos ao cargo de Tradutor e intérprete de Linguagem de Sinais serão realizadas em datas diferentes, que poderão ser conferidas no edital.

A validade do concurso será de doze meses, existindo a possibilidade de prorrogação desse prazo por mais doze meses, sendo que essa medida somente poderá ser tomada uma única vez, ficando a critério da cúpula administrativa da UFES.

Por Rodrigo da Silva Monteiro