Concurso TRT/MG 2015 define banca organizadora

     

As oportunidades serão para nível médio e superior de ensino.

Está previsto que em breve sairá o edital do processo seletivo promovido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região, que está localizado em Minas Gerais (TRT 6ª). No dia 28 de abril foi assinado o contrato com a banca organizadora do certame, a Fundação Carlos Chagas. O exame seletivo vem sendo esperado desde o mês de julho do ano passado.

Neste concurso será oferecido a modalidade de cadastro reserva, estando previsto também a disponibilização de 640 oportunidades, devido ao surgimento de novos postos na 1ª instância da Justiça do Trabalho.

As vagas são destinadas para a função de técnico e analista. No cargo técnico é necessário que os candidatos tenham nível médio, com um rendimento mensal de R$ 5.365,92. Na carreira de analista é essencial que os interessados tenham concluído o ensino superior, tendo direito a vencimentos de R$ 8.803,97.

O último concurso público aconteceu no ano de 2009. Nessa época, a banca organizadora escolhida também foi a Fundação Carlos Chagas. No cargo de analista, as vagas foram destinadas para o setor judiciário com especialização no cumprimento de mandatos, analista judiciário para atuar no ramo judiciário, especialista em arquivologia para prestar serviços especializados, especialista em fisioterapia para dar um apoio especializado, especialização em enfermagem para prestar serviços especializados, especialista em arquitetura com apoio especializado, especialização em odontologia para trabalhar com próteses e dar apoio especializado, dentre outras opções.

Na carreira de técnico, as oportunidades foram destinadas para o setor administrativo, tendo a especialização em contabilidade e especialização em tecnologia da informação.

Na profissão de analista, o certame consistiu em 20 perguntas de língua portuguesa, 40 perguntas referentes a noções específicas do cargo e também uma redação. Na função de técnico no setor administrativo, o exame seletivo contou com 30 perguntas relacionadas com conhecimentos específicos, 30 questões de língua portuguesa e 30 perguntas de noções gerais da atualidade. 

Por Felipe Couto de Oliveira