Concurso TRF da 1ª Região 2015 tem vagas abertas

     

228 vagas disponíveis para o cargo de Juiz Substituto Federal

Iniciou recentemente o período para realizar as inscrições para o concurso público do Tribunal Regional Federal da 1º Região. O processo seletivo está sendo realizado com o intuito de prover vagas no cargo de Juiz Substituto Federal.

Nesta ocasião, estão sendo oferecidas 228 vagas, deste total, 5% das oportunidades estão disponíveis para pessoas portadoras de necessidades especiais. O valor da remuneração inicial chega a R$ 23.997,19.  

Quem estiver disposto a concorrer a uma destas oportunidades precisará contar com ensino superior completo no curso de Bacharelado em Direito, ter no mínimo três anos de experiência na atividade jurídica, contar com Diploma devidamente reconhecido pelo Ministério de Educação.   

O período de inscrições foi aberto no dia 30 de março e permanecerá vigente até o dia 28 de abril, por meio do endereço eletrônico do Centro responsável pela organização e também execução do certame, o Cespe/UnB (www.cespe.unb.br). O valor a ser pago pela taxa de inscrição é de R$ 239.   

A seleção dos participantes será feita por meio da aplicação de cinco etapas, sendo que a primeira está composta por uma inscrição preliminar e também por uma prova objetiva, já a segunda está formada por duas provas escritas. A terceira fase é composta pela inscrição definitiva, análise de vida do candidato e uma investigação de cunho social, testes físicos, mentais e psicotécnicos. A penúltima instância será uma prova oral e a quinta e última fase é uma avaliação de títulos. A aplicação da prova objetiva será feita no dia 21 de junho, no período matutino  

A maior parte das etapas do processo de seleção será realizada nas cidades de Salvador (BA), Rio Branco (AC), São Luís (MA), Teresina (PI), Brasília (DF), Palmas (TO), Manaus (AM), Macapá (AP), Goiânia (GO), Belém (PA), Cuiabá (MT), Porto Velho (RO), Belo Horizonte (MG).  

O concurso público do TRF-1ª Região terá validade de dois anos, a contar da data de publicação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período e por única vez.  

Por Melina Menezes