Concurso TJ/AM 2015 reabre edital com 25 vagas

     

As inscrições seguem em aberto até 8 de junho de 2015

Nesta semana o Tribunal de Justiça Estadual Amazonas (TJ/AM) reabriu as inscrições para o concurso público que visa preencher vagas para cargos de ensino fundamental e médio para a 7ª Sub-Região do estado. O novo prazo estipulado pelo órgão é até o dia 08 de junho de 2015. No total, são 25 vagas disponíveis para trabalhar em nove municípios do Amazonas.

As inscrições devem ser feitas pessoalmente nos fóruns das comarcas em que há vagas de trabalho. Para efetuá-la com êxito, se deve levar documento de identidade, CPF, saber para qual cargo quer candidatar-se e levar o comprovante de pagamento da taxa de inscrição, que é de R$ 20,00 para nível fundamental e R$ 25,00 para nível médio e só podem ser feitos via depósito bancário.

Para o nível médio, no total, são 11 vagas para Assistente Judiciário com Especialidade na área de Assistente Técnico Judiciário com remuneração de R$ 3.907,50, auxílio-alimentação no valor de R$ 1.345,65 e auxílio-saúde de R$ 316.10.

Já para o nível fundamental, são 13 vagas para o cargo de Auxiliar Judiciário II com Especialidade em Apoio Administrativo para o cargo de Agente Judiciário do Interior e o salário é de R$ 2.045,11, também acrescido de auxílio-alimentação de R$ 1.345,65 e de auxílio-saúde de R$ 316.50.

As provas serão realizadas nas comarcas em que há vagas em dia e horário que ainda serão divulgados.

As provas para o nível médio serão compostas de questões de português, informática, direito constitucional, direito administrativo, direito civil e institucional. Já no nível fundamental as provas englobarão questões de língua portuguesa, informática instrumental e legislação aplicada ao Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas.

Os dados bancários para depósito estão disponíveis abaixo. Vale lembrar que a taxa deve ser paga através de depósito identificado.

Banco Bradesco

Agência: 3739

Conta Corrente: 12231-9

Mais informações sobre o concurso público podem ser acessadas no endereço: www.tjam.jus.br/.

Por Andréa Corneli Ortis