Concurso TCE-GO 2014 tem vagas abertas

     

Estão abertas as inscrições para o concurso público do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO). Trata-se do edital de concurso público 01/2014, que objetiva o preenchimento de 55 vagas nos cargos de Analista de Controle Externo nas seguintes especialidades: Jurídica, Orçamento/Finanças, Planejamento/Desenvolvimento Organizacional, Contabilidade, Engenharia, Gestão de Pessoas, Gestão de Conhecimento, Tecnologia da Informação e Administrativa. Os aprovados e efetivados farão jus aos salários que podem chegar até R$ 7.018,03.

A seleção será de responsabilidade da Fundação Carlos Chagas, que ficará a cargo das etapas que compõem a seleção. Os interessados podem se inscrever pela internet, no período das 10h do dia 25 de agosto até as 14h do dia 2 de outubro de 2014 (horário de Brasília), no site www.concursosfcc.com.br. Será cobrada taxa de participação no valor de R$ 162,50, paga em qualquer agência bancária, até a data de vencimento.

Vale ressaltar que o edital prevê que 10% das vagas sejam reservadas aos candidatos portadores de necessidades especiais, desde que as atribuições do cargo sejam compatíveis com as limitações do candidato aprovado.

A seleção será composta de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório e prova discursiva também de caráter eliminatório e classificatório. A aplicação da prova objetiva, para todos os candidatos, está prevista para acontecer na cidade de Goiânia-GO no dia 2 de novembro de 2014, em locais e horários a serem informados no site das inscrições, a partir do dia 23 de outubro de 2014. A prova discursiva será aplicada na data provável de 21 de dezembro de 2014, na cidade de Goiânia, no período da manhã.

A divulgação do gabarito será feita a partir do dia 12 de novembro de 2014, no site www.concursosfcc.com.br. Segundo o edital, o concurso será válido por seis meses, contados da data de publicação da homologação do resultado final, com possibilidade de prorrogação, por igual período, a critério do Tribunal de Contas do Estado de Goiás.

Por Robson Quirino de Moraes