Concurso SEAP-DF 2014 tem vagas de abertas para Pedagogo-Orientador

     

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo da Secretaria de Administração do Distrito Federal que visa ao preenchimento de 50 vagas. O certame é para o cargo de Pedagogo-Orientador, o qual exige nível superior do candidato. O edital foi divulgado no último dia 06/08 e além das 50 vagas oferecidas há, também, cadastro de reserva, por isso, quem for da área não pode deixar de participar da seleção. A banca examinadora do concurso é o Instituto Quadrix de Tecnologia e Responsabilidade Social.

O vencimento inicial para os futuros servidores é de R$ 3.579,42 para ingresso no padrão inicial da etapa III da carreira magistério público. O aprovado deverá cumprir uma jornada de 40 horas semanais. Os interessados devem ter diploma de graduação em Pedagogia, com habilitação específica ou pós-graduação em orientação educacional para atuação nos anos iniciais do ensino fundamental; especial; infantil; 1º, 2º e 3º segmentos da educação de jovens e adultos; bem como ensino médio e educação profissional.

O certame avaliará os candidatos por meio de provas objetivas e avaliação de títulos e as inscrições devem ser feitas entre os dias 12 de setembro e 13 de outubro, através do site www.quadrix.org.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 41,50. A parte das provas objetivas está prevista para ocorrer no dia 23 de novembro e contará com questões das seguintes disciplinas: língua portuguesa, raciocínio lógico, atualidades, noções de direito administrativo, Lei Orgânica do DF e conhecimentos específicos do cargo.

Assim, os interessados em participar precisam antecipar desde já os estudos, pois é grande a quantidade de candidatos formados nessa área e os interessados além de ter a especialização exigida no concurso precisam passar pela parte objetiva, a qual avaliará quem realmente está preparado para participar. O domínio da parte básica das disciplinas exigidas é fundamental e o conhecimento específico precisa ser aprimorado durante a preparação antes da prova. 

Por Luciana Viturino