Concurso Prefeitura de Caculé – BA 2015 abre 66 vagas

     

Buscando por novos profissionais, a Prefeitura de Caculé, no estado da Bahia, publica seu mais novo edital de processo seletivo. Com o objetivo de atender às demandas da administração municipal, o processo seletivo de nº 01/2014 visa a contratação de 66 profissionais dos níveis de ensino fundamental, médio e superior.

Os contratados deverão obedecer à jornada de trabalho, sendo de 20, 30 e 40 horas semanais. Dependendo do cargo escolhido, a remuneração do profissional deve variar, podendo ser de R$ 724 a R$ 1.948,00.

Aos candidatos portadores de necessidades especiais ficam reservadas 5% das vagas do concurso público.

Os cargos oferecidos pelo processo seletivo são esses: Assistente Social, Psicólogo, Professor, Auxiliar Administrativo, Técnico em Biblioteca, Auxiliar de Manutenção, Auxiliar de Serviços Gerais, Coveiro, Merendeira, Operador de Máquinas e Motorista categoria "D".

As inscrições já estão sendo realizadas e irão até 16 de janeiro de 2015, exclusivamente através do site www.planejarconcursos.com.br, onde as taxas de inscrições devem variar, sendo R$ 40,00 o nível fundamental; R$ 50,00 o de nível médio e de R$ 80,00 o nível superior.

O certame, segundo informações, constará de provas objetivas, práticas, de títulos e aptidão física. A prova objetiva está prevista para 8 de fevereiro de 2015, em local e horário a serem divulgados no site da organizadora, a partir do dia 26 de janeiro de 2015.

Já os títulos deverão ser enviados, via sedex, durante o período de inscrições para Planejar Consultoria, que está localizada na Rua Silveira Martins, nº 27, Conexão Comercial, sala 23, Cabula, cep: 41150-000, Salvador/BA.

Atenção: somente irão realizar as provas práticas os interessados no cargo de Operador de Máquinas e os de aptidão física (Coveiro) os candidatos que não forem eliminados na prova objetiva. No dia 8 de março de 2015 acontecerá esta segunda etapa.

O prazo de validade do concurso público será de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois anos, contados a partir da data da homologação do resultado final.

Por Flavinha Santos