Concurso Prefeitura de Belo Horizonte (MG) tem 731 vagas

     

Começou no dia 23 de fevereiro de 2015 o prazo de inscrições para o concurso público promovido pela Prefeitura de Belo Horizonte, no estado de Minas Gerais. O certame visa ao provimento de 731 postos vagos na Secretaria de Saúde, em cargos destinados aos profissionais de nível médio/técnico e superior. Os salários variam entre R$ 1.044,59 e R$ 7.768,34, de acordo com o cargo pretendido. A realização do certame será de responsabilidade o IFBC.

As oportunidades são para os cargos de Cirurgião Dentista, Enfermeiro, Médico e Técnico de Serviços de Saúde, Técnico Superior de Saúde e Engenheiro.  

Lembrando que os candidatos portadores de deficiência podem participar da seleção em igualdade de condições com os demais, contudo são reservadas a eles 10% das vagas. Deve-se levar em consideração as atribuições do cargo e apresentação de laudo médico, original ou cópia autenticada.

Interessados podem se inscrever até o dia 2 de abril, exclusivamente via pelo site www.ibfc.org.br. A taxa de participação varia entre R$ 45,00 (nível médio/técnico) e R$ 90,00 (nível superior). Os candidatos deverão imprimir o boleto de arrecadação e efetuar seu pagamento até a data de vencimento, na rede bancária. Candidatos carentes podem solicitar isenção do pagamento do valor de inscrição, o qual deve ser requerida até o dia 25/02/2015.

Os candidatos (de acordo com o cargo) serão avaliados por meio de Prova Objetiva de Múltipla Escolha de caráter eliminatório e classificatório, Prova de Redação de caráter eliminatório e classificatório, além de análise de títulos. Os locais, horários e salas de realização das provas serão informados com antecedência no site das inscrições, sendo de responsabilidade do candidato verificar essas informações.

O prazo de validade do concurso público será de dois anos, contados a partir da data de divulgação dos resultados, sendo possível sua prorrogação por igual período, conforme as necessidades da Secretaria de Saúde e da Prefeitura de Belo Horizonte. 

Por Ana Rosa Martins Rocha