Concurso Policia Civil (GO) 2015 abre vagas para Papiloscopista

     

Mais um concurso para a Polícia Civil de Goiás foi aberto por iniciativa da Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento. O edital 003/2014 visa o preenchimento de vagas mais a formação de cadastro de reserva no posto de Papiloscopista Policial de 3° Classe.

No total, são oferecidas 100 vagas que, para concorrer, precisam de diploma de curso de nível superior em qualquer área de formação. O salário oferecido aos aprovados será de  R$ 3.978,19, pelo cumprimento de jornadas de 40 horas por semana.

As inscrições podem ser feitas exclusivamente pela internet, no site da organizadora do certame, www.universa.org.br, entre o dia 23 de dezembro de 2014 e às 23h59 do dia 18 de janeiro de 2015, levando em consideração o horário oficial de Brasília.

Os candidatos deverão efetuar o pagamento de taxa de participação fixada no valor de R$ 110,00, cujo boleto vende no dia 09 de fevereiro de 2015. O comprovante definitivo de inscrição será disponibilizado na data provável de 6 de março de 2015.

A seleção dos candidatos será realizada por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório;redação, de caráter eliminatório e classificatório; avaliação de caráter eliminatório; teste de aptidão física, de caráter eliminatório; teste psicológico, de caráter eliminatório; investigação social, de caráter eliminatório.

Os aprovados nessas etapas passarão pelo curso de formação, de caráter eliminatório e classificatório.

A prova objetiva e a redação serão realizadas na data provável de 22 de março de 2015, em locais, horário e salas a serem informados pela organizadora com antecedência. Lembrando que todas essas etapas acontecerão na cidade de Goiânia/GO.

Os gabaritos oficiais preliminares serão disponibilizados no primeiro dia útil seguinte ao da aplicação das provas, a partir das 19 horas.

O certame será válido por dois anos, contados a partir da data de homologação dos resultados, com possibilidade de prorrogação por mais dois anos, segundo os critérios da Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento.

Por Ana Rosa Martins Rocha