Concurso PM-SP 2016 oferta 131 vagas de emprego

     

Oportunidades são para Aluno Oficial da PM.

Foi divulgada no dia 07 de outubro de 2016, no Diário Oficial do Estado de São Paulo, a abertura das inscrições do concurso público da Polícia Militar de São Paulo.

O edital publicado visa preencher 131 cargos para Aluno Oficial da PM, Bacharelado em Ciências Policiais de Segurança, será destinado à candidatura para ambos os sexos masculino e feminino.

Academia do Barro Branco (CFO):

O objetivo é preparar cadetes para a carreira militar. A responsabilidade é formar e habilitar oficiais.

Os alunos se preparam durante um longo período sob regime de internato e após este processo são formados e recebem o título de oficial, podendo ainda, participar de estágios e cursos especializados.

Inscrições:

As inscrições serão recebidas exclusivamente pela internet. A Fundação Vunesp é a organizadora responsável pela realização do concurso.

O período das inscrições ocorrerá entre os dias 13 de outubro e 8 de novembro. Para participar será necessário efetuar o pagamento da taxa no valor de R$ 130.

Na internet o endereço eletrônico é o www.vunesp.com.br, na qual é feito o cadastro e posterior emissão do boleto para pagamento da taxa.

Remuneração:

É oferecida a remuneração inicial no valor de R$ 2.946,54, incluído o adicional de insalubridade equivalente de R$ 634,78. No ano seguinte, a remuneração com o adicional aumenta para R$ 3.106,99, no próximo ano acresce para R$ 3.414,53 e no último e 4 ano chega a R$ 3.690,23.

Nos 6 meses seguintes até o 12º mês completando um ano da conclusão, todos os aprovados se tornam aspirante a oficial com os vencimentos iniciais de R$ 6.037,35, tornando se segundo tenente, este valor chega em torno de R$ 6.353,79.

Requisitos:

A idade mínima estabelecida que era de 18 anos passa a ser 17. A altura para homens de 1,60m e 1,55m para mulheres. Sendo que anteriormente era 1,65m para homens e 1,60m para mulheres.

Ter concluído o ensino médio faz parte dos requisitos de escolaridade.

Além de cumprir com todos os requisitos do edital, o candidato deverá passar em todas as fases do concurso para ser admitido.

Etapas de Seleção:

Serão no total 6 etapas para ingressar na formação.

A 1ª etapa será iniciada com as provas objetivas e dissertativas. A sequência consiste no teste de aptidão física, avaliação de saúde, teste psicológico, avaliação ou investigação de conduta social e por fim análise dos documentos.

Conteúdo da Prova:

O candidato será avaliado na prova objetiva através de 80 questões, sendo elas de múltipla escolha. Será constituída de 8 questões de história, 5 de filosofia, 5 de sociologia e geografia 8. Língua Portuguesa serão 28 e inglês ou espanhol 8, 10 de matemática, noções de administração pública serão 5 e finalizando, 5 questões de noções de informática.

A prova dissertativa será avaliada através de uma redação com tema a ser indicado.

Importante: Será necessário no ato da inscrição optar pela língua estrangeira (inglês ou espanhol) para as respectivas questões.

Locais das Provas:

No momento da inscrição, o candidato deverá estar atento ao local que queira fazer a prova, tanto objetiva quanto a dissertativa.

Os locais disponíveis para a realização das provas são os seguintes:

– Araçatuba;

– Bauru;

– Campinas;

– Piracicaba;

– Presidente Prudente;

– Ribeirão Preto;

Santos;

– São José do Rio Preto;

– São José dos Campos;

– São Paulo;

– Sorocaba.

Previsão para realização da Prova:

Está prevista para o dia 4 de dezembro as objetivas e dissertativas.

No dia da prova, não esquecer dos documentos necessários para comprovar identidade e caneta, lápis e borracha para preenchimento dos gabaritos e avaliação.

Por Marcio Ferraz do Amaral Junior