Concurso Marinha Mercante 2015 abre 395 vagas

     

As inscrições vão até 18 de junho de 2015 para candidatos de nível médio

Na sexta-feira, 22 de maio, da Marinha Mercante abriu inscrições para o preenchimento de 395 vagas. Os interessados irão concorrer por vagas no Ciaga (Centro de Instrução Almirante Graça Aranha) para Admissão às Escolas de Formação de Oficiais, no Rio de Janeiro, e no Ciaba (Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar), em Belém.  

As vagas estão divididas da seguinte forma: 165 para o Ciaba e 230 para o Ciaga. O edital completo do concurso ainda será divulgado, mas o curso será para formação de oficial de náutica e oficial de máquinas. O edital resumido está disponível no site da Marinha: www.mar.mil.br/ciaga/ps_efomm_2016/admissao.htm.

Os interessados a se candidatar para as vagas deverão ter o ensino médio completo até a data de 11 de janeiro de 2016. Além disso, os participantes precisam ter idades entre 17 e 23 anos em 1º de fevereiro de 2016. Tanto homens como mulheres podem se candidatar.

Para concorrer ao preenchimento das vagas, os interessados poderão fazer as inscrições entre os dias 22 de maio a 18 de junho através do site www.ciaga.mar.mil.br. A taxa de inscrição é de R$ 50.  

Nos dias 25 e 26 de julho, às 9h30, acontece o exame de conhecimentos. Além disso, haverá um teste de suficiência física de 25 de novembro a 11 de dezembro e, antes, uma seleção psicofísica de 30 de setembro a 30 de outubro. O período de adaptação e verificação de documentos acontecerá nos dias 11 a 31 de janeiro do próximo ano, sendo que a matrícula e início do curso acontecerá no dia 1º de fevereiro do mesmo ano.  

Os profissionais que atuam na Marinha Mercante são distribuídos em diversas categorias de trabalho, exercendo suas atividades a bordo de embarcações mercantes. A posição ao qual ocupam é de extrema responsabilidade.

O profissional oficial de máquinas é responsável pela manutenção, operação e gerenciamento dos motores, máquinas e equipamentos que compõem os diversos sistemas do navio.

Por William Nascimento