Concurso IFSP/SP 2015 abre 167 vagas para professor

     

Os salários podem chegar a R$ 8.639,50

Daqui uns dias será aberto o período de inscrições no concurso público do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo. Ao todo, a instituição de ensino está oferecendo 167 oportunidades para professor. As chances são para lotação no magistério básico, técnico e também tecnológico. Quem quiser concorrer a uma das oportunidades precisará ter concluído ensino superior.  

As oportunidades são para Araraquara, Barretos, Boituva, Campinas, Capivari, Catanduva, Guarulhos, Itapetininga, Piracicaba, Registro, São João da Boa Vista, São Roque, Suzano, São Paulo, Avaré, Birigui, Bragança Paulista, Campos do Jordão, Caraguatatuba, Cubatão, Hortolândia, Matão, Presidente Epitácio, São Carlos, São José dos Campos, Sertãozinho e Votuporanga.  

Os novos contratados deverão desempenhar uma carga horária semanal entre 20 e 40 horas.

O valor dos salários depende não somente da jornada semanal como também da titulação adquirida pelo profissional. Para pessoas que pretendam assumir uma carga horária de 20 horas, os salários partem de R$ 2.018,77 a R$ 2.983,59. Já as pessoas que assumem carga horária de 40 horas terão vencimentos que variam entre R$ 4.014 e R$ 8.639,50.

Além dos vencimentos básicos, a remuneração está acrescida de auxílio pré-escolar, vale-alimentação, plano de saúde e vale-transporte.

Se ficou interessado e deseja participar da seleção, precisará efetuar a sua inscrição no período compreendido entre 4 e 23 de maio por meio do endereço eletrônico: concursopublico.ifsp.edu.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 110.  

A seleção dos participantes será feita por meio de um teste objetivo múltipla escolha, prova de desempenho da área de didática e análise de títulos. A prova objetiva múltipla escolha será composta por 80 questões que versam sobre legislação, legislação educacional, conhecimentos específicos, língua portuguesa.  

O período de validade do certame será de um ano, a contar da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, ficando esta decisão por conta da administração do Instituto.  

Por Melina Menezes