Concurso IABAS/RJ 2015 divulga 51 vagas na área de saúde

     

As oportunidades são para nível médio, técnico e superior e as inscrições vão até 10 de maio de 2015

O Instituto de Atenção Básica à Saúde (IABAS), que está situado no município do Rio de Janeiro, divulgou os editais do processo seletivo que está oferecendo 51 oportunidades e também a modalidade de cadastro reserva (CR) no setor de saúde. O certame está disponibilizando vagas para pessoas que tenham concluído o ensino médio, técnico e superior.

No nível médio, os cargos são para as seguintes funções: oficial de farmácia com 6 vagas e remuneração de R$ 1.357,50; agente administrativo para formação de cadastro reserva e rendimento mensal de R$ 1.018,12; e agente comunitário de saúde com 3 vagas e um salário de R$ 1.024,14.

Nos postos de técnico de saúde bucal com formação de cadastro reserva e técnico de enfermagem com 12 vagas é exigido que os candidatos apresentem formação em nível técnico. Os rendimentos mensais serão de R$ 1.357,50 e R$ 1.363,39, respectivamente.

As pessoas que tiverem concluído o ensino superior irão concorrer aos cargos de: fonoaudiólogo com formação de CR, médico clínico geral com 23 oportunidades, sanitarista na modalidade de CR, psiquiatra com formação de CR, enfermeiro com 7 vagas, terapeuta ocupacional na modalidade de CR, ginecologista com formação de CR e farmacêutico na modalidade de CR. As remunerações mensais irão oscilar entre os valores de R$ 3.201,66 até R$ 11.564,31

Para se inscrever no certame, basta acessar o portal da Fundação Bio-Rio: http://concursos.biorio.org.br. O prazo das inscrições será encerrado no dia 10 de maio de 2015. Para validar a inscrição é cobrado uma taxa de R$ 55 para cargos que exigem o ensino médio e técnico e R$ 90 nos postos que exigem o ensino superior.

O processo seletivo consistirá em teste objetivo com 40 perguntas para candidatos do ensino médio e 50 perguntas para profissionais que tenham concluído a graduação. Os assuntos serão de noções gerais de SUS, português e conhecimentos específicos da profissão. 

Por Felipe Couto de Oliveira