Concurso Exército 2015 tem vagas para Engenheiros

     

Certame visa selecionar 5 profissionais graduados em cursos de Engenharia para participarem do Quadro de Engenheiros Militares no Instituto Militar de Engenharia de 2015/2016.

Você que é um jovem universitário recém-formado e sempre sonhou em ingressar no Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército Brasileiro, saiba que uma excelente oportunidade de você realizar o seu objetivo está batendo à sua porta, pois o Comando do Exército anunciou que estará realizando um Concurso de Admissão ao Curso de Formação de Oficiais da Ativa (CA/CFrm).

Em sua totalidade, esse novo concurso irá selecionar 5 graduados em cursos de Engenharia para atuarem na área de fortificação e de construção e que tenham como objetivo profissional ingressar no Quadro de Engenheiros Militares no Instituto Militar de Engenharia de 2015/2016.

Para se candidatar, o interessado deverá respeitar os seguintes requisitos: ter no máximo 26 anos completos no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro do ano da matrícula (ano seguinte ao do concurso), ou seja, em 2016.

O vencimento inicial oferecido para os candidatos selecionados não foi publicado no edital que se encontra disponível no Diário Oficial da União.

Os formulários de inscrição se encontram disponíveis para preenchimento no site do Instituto Militar de Engenharia (www.ime.eb.br), sendo que o período de inscrições já foi iniciado e se estenderá até o dia 15 de setembro de 2015.

Será necessário efetuar o pagamento de uma taxa de inscrição estabelecida no valor único de R$ 98.

O processo de seleção dos candidatos regularmente inscritos será composto de exame intelectual, inspeção de saúde e exame de aptidão física, sendo que as datas dos exames ainda não foram divulgadas, mas em breve serão divulgadas em momento oportuno.

A sede do Instituto Militar de Engenharia está situada no Rio de janeiro, sendo que esse Instituto é responsável em agrupar profissionais de engenharia tanto para o campo do ensino quanto para o campo de pesquisa básica para que haja um fortalecimento e uma construção de melhores condições para a atuação do Exército Brasileiro.

Por Rodrigo da Silva Monteiro