Concurso DPU 2014 tem 58 vagas de trabalho abertas

     

A Defensoria Pública da União (DPU) retificou pela primeira vez o edital 1/2014 do concurso público do órgão destinado ao provimento de vagas para o cargo de Defensor Público Federal de Segunda Categoria. A retificação altera o item referente à entrega dos documentos para a quinta fase do certame e também informa a segunda fase, referente a provas dissertativas escritas, acontece por meio de aplicação de uma questão e uma peça judicial ou dissertativa. O prazo de inscrições será do dia 17 de novembro de 2014 às 23h59 de 8 de dezembro de 2014.

A seleção será realizada sob a responsabilidade do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE) e oferece 58 vagas mais formação de cadastro de reserva. Os salários pagos chegam a R$ 16.489,37, sendo que a lotação ocorrerá de acordo com as necessidades da DPU. Das vagas oferecidas 5% são destinadas aos candidatos portadores de necessidades especiais, desde que as atribuições do cargo sejam compatíveis com as limitações do candidato.

Os candidatos devem possuir formação em Direito; registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e prática de três anos de atividade jurídica. Os interessados, que atendam aos pré-requisitos, podem se inscrever pelo site www.cespe.unb.br até 8 de dezembro de 2014. É cobrada taxa de participação no valor de R$ 180,00, paga em qualquer agência bancária.

A seleção será feita mediante a prova objetiva na primeira fase; prova dissertativa escrita na segunda fase; prova oral. Essas três fases são de caráter eliminatório e classificatório; a quarta etapa é avaliação de títulos de caráter classificatório. A última fase é a sindicância de vida pregressa e apuração dos requisitos necessários.

O edital prevê a validade de um ano para o certame, sendo esta data contada a partir do dia em que o resultado for homologado. Se o prazo não for suficiente, poderá ser estendido, segundo os critérios da Defensoria. 

Por Robson Quirino de Moraes