Concurso CRP-PR 2015 abre 450 vagas de trabalho

     

Quem está buscando uma oportunidade na carreira pública pode se inscrever no concurso público do Conselho Regional de Psicologia (CRP-PR) regido pelo edital n° 01/2015. O objetivo é formar cadastro reserva com 450 classificados que irão ocupar futuramente diversos cargos, sendo exigidos os níveis médio ou superior. Os aprovados irão atuar nas cidades de Cascavel, Curitiba, Londrina e Maringá.

A empresa organizadora do certame será o Instituto Quadrix, responsável pela seleção. As oportunidades são para as funções de Orientador Fiscal Trainee, Auxiliar Administrativo Financeiro, Contador e Jornalista. Os aprovados terão direito a remuneração que oscilam entre R$ 1.012,25 a R$ 2.649,77, acrescidos de vale refeição/alimentação no valor de R$ 35,00 por dia útil de serviço. Também haverá auxílio transporte e auxílio saúde e outros benefícios.

Lembrando que haverá reserva de vagas para os candidatos portadores de necessidades especiais, contudo a reserva está condicionada as atribuições do cargo e a apresentação de laudo médico no momento da convocação.

O prazo de inscrições segue até o dia 15 de fevereiro de 2015, somente pela internet, no endereço eletrônico do Quadrix (www.quadrix.org.br). A taxa de participação foi fixada em R$ 45,00 para cargos que exigem o nível médio e R$ 55,00 para os de nível superior. Os candidatos deverão imprimir o boleto e pagar a taxa até o vencimento na rede bancária.

A seleção se dará por meio de prova objetiva que será aplicada nas cidades de Curitiba, Londrina, Cascavel (PR) e Maringá na data provável de 1º de março de 2015. O local, horário e sala de realização das provas serão divulgados no site das inscrições a partir do dia 23 de fevereiro de 2015. A divulgação do gabarito oficial da prova objetiva acontecerá no dia seguinte no site da organizadora.

Segundo o edital, o prazo de validade com concurso irá se esgotar em dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final. É possível prorroga-lo por mais dois anos, conforme as necessidades do CRP-PR.

Por Ana Rosa Martins Rocha