Concurso Câmara Municipal de Dracena (SP) 2016 abre vagas

     

Seleção está com vagas abertas para os cargos de Assessor de Imprensa, Assessor Jurídico e Auxiliar de Serviços Legislativos.

A Câmara da cidade Dracena, localizada no interior do Estado de São Paulo, publicou edital de concurso público sob o número 001/2015, que tem como objetivo final ocupar três vagas para os cargos de Assessor de Imprensa, Assessor Jurídico e também Auxiliar de Serviços Legislativos, com formação em nível superior e nível médio. Os profissionais que forem selecionados e vierem a ser contratados terão direito a receber um salário que poderá variar entre R$ 1.963,41 e R$ 3.249,88, para cumprimento de uma jornada de trabalho de 44 horas por semana.

O planejamento, aplicação e finalização do referido processo de seleção estará sob a responsabilidade da CONSESP (Concursos, Residências Médicas, Avaliações e Pesquisas Ltda).

Os candidatos que se enquadram no perfil dos cargos e possuem interesse em participar desta seletiva, deverão efetuar suas inscrições, as quais irão ser feitas, somente via internet, no endereço eletrônico da banca organizadora: www.consesp.com.br, no período compreendido entre 15 de dezembro de 2015 a 17 de janeiro de 2016, levando em consideração o horário oficial de Brasília / DF.

Para que as inscrições sejam efetivadas será necessário o pagamento de uma taxa, que irá variar de acordo com o cargo, sendo R$ 24 para Assessor Jurídico; R$ 26 para Assessor de Imprensa e para Auxiliar de Serviços Legislativos o valor também será de R$ 26.

As provas objetivas escritas deverão ser realizadas na data prevista de 21 de fevereiro de 2016, em horário e locais a serem informados por meio de Edital em um momento oportuno, com antecedência de, no máximo, três dias perante a prova.

O gabarito preliminar oficial e a prova objetiva estarão disponíveis no endereço eletrônico da empresa organizadora da seleção, entre as 13h e 18h da segunda-feira subsequente ao dia da realização da avaliação.

A validade deste processo seletivo será de até dois anos, os quais são contados a partir da data de homologação resultados finais. 

Por Filipe da Silva